ENVIOS GRÁTIS EM COMPRAS SUPERIORES A 50€, PARA PORTUGAL CONTINENTAL. CÓDIGO: GRÁTIS

Mitos e verdades sobre a cesariana

A decisão de efetuar a cesariana num dado momento da gravidez deve ser tomada pelo médico obstetra, considerando diversos fatores relacionados com a saúde da mãe e do feto. Ao longo deste artigo, vamos esclarecer as dúvidas que, geralmente, surgem associadas a este procedimento.

Antes de mais, é necessário entender no que consiste a cesariana e em que circunstâncias deverá ser realizada. 

Este é um procedimento cirúrgico (operação) para a extração do feto (nascimento do bebé) por via abdominal através da realização de um pequeno corte realizado acima da púbis da mãe.

Há que ter em conta que uma cesariana deve ser realizada para evitar um mal maior, ou seja, para evitar um problema grave para o feto ou para a mãe. Apesar de ser um procedimento muito seguro na atualidade, deve apenas ser realizado em determinadas condições.

Se a cesariana for programada, chama-se “cesariana eletiva”. Em alguns casos, é necessário proceder a uma cesariana quando a mulher já está em trabalho de parto.

Há várias opções de anestesia, sendo que a opção mais indicada deverá ser discutida entre a grávida, o obstetra e o anestesista. 

Quais são os principais riscos?  

Embora o parto normal ou natural tenha menos riscos do que o parto por cesariana, os riscos desta são baixos e as complicações são raras. No entanto, há que ter consciência dos eventuais riscos de uma cesariana. São eles: 

  • Maior perda de sangue
  • Maior risco de lesão da bexiga
  • Maior risco tromboembólico.
  • Nas gravidezes posteriores, aumenta o risco de novo parto por cesariana, placenta baixa, placenta aderente ao útero e risco de rotura uterina se entrar novamente em trabalho de parto.

Apesar destes riscos, a cesariana é um procedimento cirúrgico muito seguro na atualidade com uma baixa taxa de complicações, durante e após a cirurgia, desde que executada por especialistas em obstetrícia, devidamente capacitados. 

O parto por cesariana poderá afetar o desenvolvimento do bebé? 

Os bebés nascidos por cesariana têm um desenvolvimento totalmente normal. Alguns estudos sugerem um risco maior de alergias e problemas digestivos. Isto porque o bebé, ao não passar no canal de parto, não é sujeito às bactérias presentes na vagina da mãe que vão colonizar o sistema digestivo do bebé e melhorar a sua flora intestinal e imunidade. 

Estão a ser estudadas formas com suplementos para compensar esta possível deficiência. 

Como serão as gravidezes seguintes? 

As mulheres que tiveram uma cesariana no passado podem vir a ter um parto vaginal normal dependendo do tipo de cesariana anterior e do motivo. Muitas mulheres que tentam um parto vaginal após uma cesariana anterior têm sucesso. No entanto, existe um risco pequeno de rotura uterina, pelo que é importante discutir com o obstetra os riscos e benefícios da tentativa de um parto vaginal, após uma cesariana anterior.

A amamentação é mais difícil em bebés nascidos por cesariana? 

Embora o leite demore mais a subir nos partos por cesariana, a amamentação é igual ao parto natural. Em ambos os casos esta deve ser estimulada precocemente. 

O parto por cesariana poderá afetar o vínculo entre mãe e filho? 

O vínculo mãe-bebé não é menor após o parto por cesariana. Diversos estudos demonstram não haver diferenças. Poder-se-á favorecer o contacto do bebé com a mãe tão rápido quanto num parto normal.

Há mais vantagens no parto natural? 

Quando comparado com o parto por cesariana, o parto natural possui diversas vantagens, tanto para a mãe como para o bebé. 

As vantagens para a mãe são: 

  • Risco de infeção inferior
  • Tempo de internamento mais baixo (geralmente 48 horas)
  • Tempo de recuperação mais baixo
  • O útero volta ao tamanho natural mais rápido
  • Aumenta as hormonas responsáveis pelo bem-estar
  • Menores riscos com complicações resultantes da anestesia

As vantagens para o bebé são: 

  • Uma maior tranquilidade e recetividade ao toque 
  • Existe uma facilidade acrescida para respirar 

Fontes: 

saudeebemestar.pt

cuf.pt

1 comentário

  • 👌🏻👌🏻❤️
    Beijinhos
    Ana

    Ana Ferreira Trindade

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos