Como escolher os óculos de sol mais indicados para as crianças?

As crianças deverão começar a usar óculos de sol a partir da altura em que passam mais tempo ao ar livre, que, geralmente, acontece por volta dos três anos. No entanto, não há nenhum motivo para que um bebé com menos de um ano não use óculos de sol, desde que reúnam os requisitos que vamos indicar neste artigo. 

Há vários aspetos a ter em conta quando escolhemos os óculos de sol para os nossos filhos, nomeadamente: 

  • Filtro anti-UV: para ser eficaz, a lente tem de ter uma proteção entre 99 a 100%.
  • A cor e a intensidade das lentes nada indicam sobre o grau de proteção UV. Tal como há lentes incolores que protegem a 100%, também há lentes coloridas sem qualquer proteção UV. 
  • O uso de óculos de sol com lentes sem um filtro anti-UV eficaz é extremamente prejudicial porque, sendo escuras, permitem que as pupilas fiquem mais dilatadas e as radiações penetrem em maior quantidade.
  • São aconselhadas as lentes de material orgânico (plástico) por serem mais leves e seguras (praticamente inquebráveis).
  • A armação deve ter um formato envolvente e estar adaptada ao rosto da criança, por forma a proteger olhos e pálpebras de todos os ângulos, incluindo da radiação refletida.
  • Se a criança pratica desportos, ou se é pequena, deve utilizar uma armação com fita elástica à volta da cabeça que a mantenha segura. A armação deve ser simultaneamente robusta, flexível, suscetível de amortecer o impacto e sem esquinas ou bordos aguçados, de material facilmente lavável, hipoalergénico e não tóxico. As lentes devem ser também resistentes ao choque e aos riscos.
  • Garantia de qualidade: os óculos devem incluir um certificado que descreva todas as características das lentes. No seu conjunto, lentes e armação devem estar de acordo com a norma EN ISO 12312-1:2015, o que se encontra atestado pelo fabricante com a sigla CE, que significa que obedeceu às normas.

As crianças devem começar a usar óculos de sol, a partir de que idade?

Não há nenhum motivo para que uma criança com menos de um ano não use óculos de sol, desde que devidamente certificados. A melhor forma de proteger o bebé do sol é com um chapéu de abas largas, óculos de sol e o uso apropriado de protetor solar.

E se a criança usar óculos graduados?

Se a graduação for significativa, vale a pena graduar os óculos de sol. Caso contrário, deverá usar óculos graduados e óculos escuros sem graduação. A avaliação deverá ser feita pelo médico oftalmologista. 

Os óculos de sol devem ser usados todo o ano?

«Embora a necessidade de utilizar óculos escuros seja mais sentida no verão, o facto é que a proteção que eles conferem é válida durante todo o ano porque, mesmo através das nuvens, as radiações ultravioletas conseguem penetrar», esclarece o médico oftalmologista Paulo Vale, nesta entrevista.  

Por isso, é preciso cuidado com os dias enevoados. Se por um lado as nuvens baixas e espessas atenuam a radiação ultravioleta, por outro, a nebulosidade em geral pode favorecer a difusão da radiação na atmosfera, através das moléculas de água e outras partículas finas, aumentando a radiação difusa. É habitual haver índices elevados de ultravioletas em dias com temperaturas amenas, levando as pessoas a exporem-se mais e a protegerem-se menos. Mas isso é completamente desaconselhado. 

E se as crianças rejeitarem os óculos? 

É frequente que, no início, as crianças mais pequenas rejeitem os óculos de sol. Quando assim é, os pais devem eles próprios usar óculos de sol, para dar o exemplo. As crianças podem levar mais tempo do que os adultos a adaptarem-se à ideia, mas em regra acabam por se habituar e gostar.

 

Fontes: 

prevenir.pt

eunomeumelhor.pt

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos