ENVIOS GRÁTIS EM TODAS AS COMPRAS EM PORTUGAL CONTINENTAL

Como os pais podem ajudar a melhorar o relacionamento entre irmãos

Por vezes, basta os pais virarem as costas por um segundo para os filhos começarem a gritar, a chorar ou a reclamar uns dos outros. Por um momento, fica a sensação de que as crianças nunca terão um relacionamento pacífico. No entanto, é possível incentivar uma boa relação entre os seus filhos desde cedo, se recorrer a algumas das estratégias que falamos neste artigo. 

Primeiro, é importante que, nós enquanto pais, nos lembremos que a maioria dos comportamentos dos nossos filhos tem uma função, por assim dizer. Quando os seus filhos têm um desentendimento, provavelmente há uma razão para isso. Por exemplo, podem ter como missão chamar a sua atenção, tentar satisfazer uma necessidade, para estabelecer proximidade.

Compreender a que se deve um comportamento ajudar-nos-á a honrar a missão dos nossos filhos e também a encontrar maneiras mais eficazes de corrigir o comportamento. 

Vamos, então, às estratégias que poderá adotar para melhorar o relacionamento entre os seus filhos. 

Aproxime os irmãos desde o primeiro contacto entre eles

O primeiro passo é incentivar o afeto entre os pequenos assim que o mais novo chega da maternidade. Afinal, a curiosidade em relação ao novo membro da família é a primeira faísca do relacionamento entre eles e precisa de ser estimulada. Para isso, em vez de afastar os irmãos, dizendo que podem magoar o bebé, permita abraços e beijos desajeitados e ensine tarefas simples que o filho mais velho pode desempenhar nos cuidados com o mais novo. 

Promova experiências significativas entre os irmãos

É importante também criar momentos especiais que promovam a união entre os filhos, como férias em família, brincadeiras diferentes e atividades ao ar livre. Além de garantirem boas lembranças para o álbum de fotografias, esses momentos ficarão guardados na memória e construirão um relacionamento mais forte entre os pequenos.

Conte histórias que viveu com os seus irmãos

Relatar boas experiências que viveu com os seus irmãos também estimulará a relação entre os seus filhos. As crianças adoram ouvir essas histórias e, muitas vezes, até pedem que as contemos repetidamente! 

Dê aos seus filhos “tarefas” que os ajudem mutuamente

As crianças gostam de sentir que podem contribuir com algo. Então, se o seu filho mais velho gosta de algum desporto ou se tem alguma habilidade específica, no campo das artes, por exemplo, incentive-o a ensinar ao irmão mais novo. 

Lembre aos seus filhos que os amigos vêm e vão, mas que a família fica para sempre

Se perceber que um dos seus filhos ignora o irmão só para fazer parte de algum grupo de amigos, demonstre o quão importante é o compromisso que deverá ter para com a família. 

Promova uma rotina noturna conjunta

As crianças adoram as suas rotinas noturnas. Incentivar os irmãos a ler uma história juntos, cantar uma música um ao outro ou dar abraços e cumprimentos antes de dormir cria um vínculo especial antes de adormecer. Também ensina aos nossos filhos que eles podem pedir apoio uns aos outros se se sentirem inquietos à noite.

Organize atividades divertidas e não competitivas 

Por vezes, os irmãos competem uns com os outros. Uma ótima maneira de se afastarem da competição é criar atividades divertidas para a família. Pistas de obstáculos e gincanas são sempre opções populares, mas certifique-se de que os seus filhos assumem o ‘comando das operações’. Quando as crianças trabalham juntas para fazer uma lista para uma caça ao tesouro, por exemplo, elas ficam mais dispostas a aprender, a unirem-se e a ouvir as ideias umas das outras. 

Incentive os seus filhos a torcerem uns pelos outros 

As crianças comparam-se umas com as outras. Por vezes, é inevitável. Em alguns casos, tentam aprender umas com as outros; em outros casos, tentam descobrir como se comportam. O importante é que a diversidade de pontos fortes da família seja valorizada. Todos nós temos pontos fortes diferentes e, quando combinamos os nossos talentos, podemos realmente fazer a diferença neste mundo.

Nesse sentido, é muito importante incentivar os nossos filhos a torcerem uns pelos outros, a oferecer ajuda uns aos outros, a pedir ajuda uns aos outros e a reconhecer os pontos fortes uns dos outros. 

Sem dúvida que há muitos benefícios em promover os relacionamentos positivos entre irmãos, incluindo apoio, amizade e união. Por outro lado, ao promovermos um bom relacionamento entre os nossos filhos, estamos a ensiná-los a ter empatia e compaixão pelos outros.

Fontes: 

pbs.org

thecenteredparent.com

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos