Carrinho de Compras

0

O seu carrinho está vazio

Voltar à loja
Close
Dicas para decorar um quarto de bebé harmonioso

Preparar um quarto de bebé pode ser uma experiência divertida e recompensadora. Por outro lado, pode ser um pouco extenuante, pois é algo bastante moroso e que requer muita, mas mesmo muita atenção aos detalhes. Mas não desespere. Se seguir as dicas que damos neste artigo, este processo vai correr de forma super tranquila!

A disposição dos móveis

Em primeiro lugar, desenhe uma planta do quarto de bebé. De seguida, disponha os móveis no espaço onde acha que deveriam ficar.

Tenha alguns cuidados extra: não deixe o berço perto da janela para evitar as correntes de ar, nem mesmo perto das cortinas.

Por uma questão prática, deverá colocar o armário para trocar as fraldas perto do berço. Igualmente perto deverá colocar uma poltrona, de preferência junto a uma janela, para que possa embalar e alimentar a criança. Esta poltrona deve ser um investimento bem pensado, pois será um lugar onde passará muito tempo durante os primeiros meses de vida do seu bebé.

As cores

Se tenciona usar uma determinada cor numa área mais abrangente do quarto de bebé, pesquise primeiro a influência que a mesma poderá exercer sobre o pequenote. A cor pode influenciar o sono, a fome, a ansiedade e até mesmo o seu ritmo cardíaco. 

Aposte em cores claras, pois estas transmitem um ambiente tranquilo e harmonioso. Também as paredes devem ter um tom claro, bem como as roupas de cama. 

No entanto, pode e deve também estimular as sensações do bebé com cor, vivacidade e alegria. Para dar este toque, o ideal é utilizar um ou outro elemento colorido que chame a atenção para o detalhe e dar um ar vibrante ao quarto. Ainda assim, é melhor não abusar destes elementos para não estimular demasiado a excitação.

Como os bebés passam muito tempo deitados de barriga para cima, poderá considerar pintar o teto com algum mural ou com cores harmoniosas, mas que estimulem o cérebro da criança. 

Mobiliário

Na hora de comprar o mobiliário para o quarto do bebé, opte por berços ou camas de grades evolutivas, e por peças que conjuguem a sua função principal com as funções de decoração e de arrumação. 

Quando esse ‘três em um’ não é possível, adquira nichos, estantes e prateleiras extra. Há ainda outras soluções que são excelentes para manter o espaço organizado e funcional, como baús e cestos

Conforto e segurança

Nos primeiros meses do bebé, um ‘ninho’ permitirá que o seu rebento esteja protegido e confortável. Se optar por ter uma poltrona de amamentação, escolha uma que lhe proporcione o mais conforto possível.

Outro acessório que poderá considerar comprar enquanto prepara o quarto do bebé é um intercomunicador, através do qual poderá ouvir o bebé chorar ou outro barulho menos habitual. Este é um acessório bastante útil, pois confere mais segurança e tranquilidade a toda a família. 

Outros cuidados essenciais absolutamente essenciais em prol da segurança passam por tapar as tomadas elétricas e colocar redes protetoras. Caso tenha receio de mexer, peça ajuda a um eletricista.

Certifique-se de que o berço está bem montado, sem parafusos soltos ou outros elementos que possam magoar a criança, bem como todos os outros móveis do quarto. Não coloque objetos pendurados e arranje protetores para as portas.

Iluminação

Como os bebés passam a maior parte do tempo deitados, evite iluminação direta. A iluminação indireta é a mais recomendada, porque confere uma sensação de conforto ao local.  

Cobertores, cortinados e tapetes

Cobertores pesados de lã, por exemplo, são grandes acumuladores de pó e ácaros, que podem ser prejudiciais para a saúde de recém-nascidos. Assim, opte antes por um edredão próprio e lençóis de algodão puro. Os tecidos de algodão são altamente respiráveis e ajudam na circulação do ar. Isto fará com que o sono do bebé seja muito mais confortável e tranquilo.

Caso escolha cortinados com corda ou fivela, não permita que fiquem ao alcance do bebé, para evitar asfixia e estrangulamento. Pode completar a decoração do quarto com um tapete, para que o bebé evite o contacto direto com o chão quando brincar. É recomendável que o tapete seja igualmente de 100% algodão. 

Plantas no quarto do bebé: sim ou não?

Durante a noite, devido à ausência de luz, as plantas diminuem o processo de fotossíntese, sendo a taxa de respiração mais elevada, consequentemente (por estarem a respirar), as plantas aumentam o nível de gás carbónico e fazem diminuir o nível de oxigénio no quarto. 

No entanto, as plantas não nos 'roubam' oxigénio suficiente. Já pensou que dormir com outras pessoas no quarto também nos retira oxigénio? Por isso, não haverá problema em colocar uma planta no quarto do bebé, a menos que possa trazer insetos, aí não é recomendável. 

Escolha uma planta discreta, que não necessita de grande manutenção e que não traga insetos. Uma orquídea, por exemplo, é uma excelente opção, pois dá um ar romântico e ternurento ao quarto.

Últimas recomendações para os preparativos do quarto de bebé

As adaptações do quarto do bebé deverão ser realizadas antes do nascimento ou então passada uma boa temporada, porque, se as renovações implicarem pintura, pode ser bastante desagradável para o bebé, podendo provocar mau-estar e enxaquecas.  

Quando decidir fazer adaptações ao quarto, tenha em consideração que a disposição, os móveis e as cores deverão ser algo para manter durante um longo período. Não é aconselhado fazer mudanças nos quartos dos bebés com muita frequência, pois poderá perturbar o bebé, fazendo com que sinta 'perdido' dentro do seu próprio espaço.

Fontes: 

uptokids.pt

homify.pt

Deixe um comentário

Artigos Relacionados